Quem somos

Era uma vez uma classe de Ensino Fundamental da Escola Estadual “Antônio de Queiroz”, em Limeira, interior de São Paulo. O ano? Deixa pra lá… vale saber, no entanto, que isso foi há 20 anos. Esse é, inclusive, o tempo transcorrido de uma amizade entre quatro seres “peculiares” – não, a escola não era um orfanato da Srta. Peregrim, muito menos administrado por um careca em uma cadeira de rodas, embora acreditemos que houvesse algumas pessoas com poderes sobrenaturais ali naquele ambiente, sim… quem foi mesmo que fez a brincadeira do compasso e revelou o nome da menina lá?

Assim como em qualquer novela mexicana que se preze, o tempo passa, os caminhos levam cada um para um lado e as intrigas, problemas, usurpações, luzes claritas, marias dos bairros, brachos e nachos de cada vida separada não são capazes de afastá-los. Ok, nem todos aqui têm nomes compostos (nomes que jamais serão revelados em vídeos!!! Não insista!). Tá boooom, o drama acontece, mas não é tão intenso assim (“Será, Carmen Lúcia Cristófona de la Luz?” pergunta, com olhos arregalados Soledad para sua irmã gêmea separa logo no berço e criada por cigarras em uma floresta na periferia da periferia da última cidade do México a fazer fronteira com os Estados Unidos). Também não moramos naquelas mansões lindas que recebem um close toda vez que uma cena vai acontecer ali dentro apenas para situar o telespectador que por um segundo, talvez, tenha olhado para a pipoca que caiu no chão.

Enfim, é isso aí: quatro loucos, cada um em um canto, um escrevendo essas barbaridades de São Paulo enquanto outras duas dormem (Será?) e a outra já tem o sol alemão banhando-a na face alva de caçadora pokemon. Quer saber mais sobre esses doidos? Veja aí:

Alex Contin

Carol Robin Izaltino

Mik

Vanessa

E não deixe de conhecer nosso canal no YouTube, afinal, esse site só existe por causa dele! <3